MÚSICAS DE NATAL E REIS

 

O menino está dormindo
     Nas palhinhas despidinho
     Os anjos lh'estão cantando
     Por amor tão pobrezinho

     O menino está dormindo
     Nos braços da virgem pura
     Os anjos lh'estão cantando
     Hossana lá na altura

     O menino está dormindo
     Nos braços de São José
     Os anjos lh'estão cantando
     Gloria tibi Domine

     O menino está dormindo
     Um sono de amor profundo
     Os anjos lh'estão cantando
     Viva o Salvador do Mundo

Escola do Viso - Figueira da Foz

Entrai pastores, entrai
     por este portal sagrado
     vinde adorar o Menino
     numas palhinhas deitado

     Pastorinhos do deserto
     todos correm para o ver
     trazem mil e um presentes
     para o menino comer

     O meu Menino Jesus
     convosco é que eu estou bem
     nada deste mundo quero
     nada me parece bem

     Alegrem-se o céu e a terra
     cantemos com alegria
     já nasceu o Deus Menino
     filho da Virgem Maria

     Deus menino já nasceu
     andai ver o rei dos reis
     ele é quem governa o céu
     quer que vós o adoreis

     Ah meu menino Jesus
     que lindo amor perfeito
     se vem muito cansadinho
     vem descansar em meu peito

Foi na noite de Natal
     noite de santa alegria
     caminhando vai José
     caminhando vai Maria

     Ambos vão para Belém
     mais de noite que de dia
     e chegaram a Belém
     já toda a gente dormia

     Buscou lume S.José
     pois a noite estava fria
     e ficou ao desamparo
     sozinha a Virgem Maria

     Quando S.José voltou
     já viu a Virgem Maria
     com o Deus Menino nos braços
     que toda a gente alumia

Escola do Viso - Figueira da Foz

natal-fig1.jpg (48757 bytes)

natal-fig2.jpg (48112 bytes)

natal-fig3.jpg (64404 bytes)

 

Cantar as JANEIRAS é um costume da época de Natal. Os grupos vão cantando de porta em porta e aproveitam para pedir alguma coisa em troca - doces salgados ou dinheirinho.
A nossa canção era assim:

Janeiras/99

Aqui vem as três rosinhas
quatro ou cinco ou talvez seis
se o senhor nos dá licença
vimos lhe cantar os reis
Os três reis do oriente
já chegaram a Belém
visitar o Deus Menino
que Nossa Senhora tem
O menino está no berço
coberto c'o cobertor
e os anjinhos estão cantando
louvado sej'o Senhor
O Senhor por ser Senhor
nasceu nos tristes palheiros
deixou cravos deixou rosas
deixou lindos travesseiros
também deixou a abelhinha
abelhinha com o seu mel
para fazer um docinho
ao divino Emanuel
Somos da Escola do Viso
E o que temos p'ra lhes dar
É apenas um sorriso
Por isso vamos cantar

Refrão:

Revivendo tradições
Cantamos com alegria
P'r assinalar este dia
E em troca destas canções,
Saiba vossa senhoria,
Só pedimos uns tostões


Escola do Viso (Figueira da Foz)

 

Olá amigos de Guadajira e do IberoCulturas,


Aqui estão as letras de 3 canções populares de Natal.
A canção "Natal de Elvas" é típica da nossa cidade.
Estamos a ensaiar as três canções e na próxima semana enviamos para vocês uma cassete (cinta) audio com as nossas "vozes"!.
Entretanto, juntamos duas imagens. Uma com a turma da professora Cristina a ensaiar uma das canções e a outra com a pauta musical do "Natal de Elvas". Também para a semana enviamos um auto de Natal (peça de teatro) porque ainda não a conseguimos escrever toda no computador.
(...)
Escola de Elvas (Boa-Fé)

OS SINOS DE BELÉM

Bate o sino
pequenino
sino de Belém
Já nasceu
o Deus menino
para o nosso bem!

            Refrão
       É Natal,é Natal
      sininhos de luz!
      Replicai, badalai
      que nasceu Jesus!

Paz na Terra
pede o sino
alegre a cantar!
Abençoe!
Deus  Menino
sempre  o nosso  lar!

 

DLIM, DLÃO

Todos juntos
Nos festejamos c alegria
Jesus cristo
Faz hoje anos
Que lindo dia
Jesus nasce
Traz um segredo
Pra nos dizer
Ele é deus
É deus connosco
Faz- nos viver
Refrão:
Dlim, dlão ,dlim, dlão
Amor , alegria
Dlim dlão, dlim, dlão
O sino anuncia.
Dlim, dlão, dlim, dlão
Todos a cantar.
Dlim dlim dlim
Dlão dlão dlão
Chegou o Natal.

NATAL DE ELVAS

Eu hei-de dar ao Menino
Uma fitinha pró chapéue
E ele também me há-de dar
Um' lugarzinho no céu.
Olhei para o céu
Estava estrelado
Vi o Deus  Menino
Empalhas deitado.
Em  palhas deitado,
Em palhas estendido,
Filho duma rosa,
Dum cravo nascido!
No seio da Virgem Maria
Encarnou a divina graça;
Entrou e saiu por ela
Como o sol pela vidraça.
Arre , burriquito ,
Vamos a Belém,
A ver o Menino
Que a senhora tem ;
Que a senhora tem,
Que a senhora adora
Arre burriquito,
Vamos-nos embora.

reis-fig5.jpg (63098 bytes)

 

reis-fig6.jpg (74829 bytes)